Acordo Ortográfico

Este blog não se rege pelo acordo ortográfico. Nem por qualquer regra gramatical.

Eu sou um nabo a portugês!? Português digo!

segunda-feira, 23 de novembro de 2015

Dia 325 e 326 – unwelcome

Não é a primeira vez que não me sinto bem-vindo num lugar, mesmo num lugar onde tenha sido convidado para estar. Já vos aconteceu por certo terem aquela sensação de que não são desejados ali.   
Também estaria a mentir se dissesse que foi a primeira vez que me disseram na cara que não era bem-vindo.

Contextualizado, quem me segue neste blog, sabe o quão eu aprecio roupa, moda, um estilo, mesmo que algumas peças sejam extreme e que não sejam para ser usadas no dia-a-dia, maior parte do que partilho eu gostava de ter.

A questão aqui é que eu sempre assim fui. Desde que me conheço como homem e posso comprar a minha roupa, sempre me vesti diferente. E isso acontece há muitos anos. Lembro-me de um primeiro fato que comprei, em bombazina amarela… o fato era lindo e corri tudo para o encontrar, isto no ano 2000.

Dizerem-me que tenho de ser mais discreto porque as pessoas vão fazer perguntas é o mesmo que me dizerem queima todo o teu roupeiro e anda nu.

E que perguntas as pessoas vão fazer e a quem? E quem são essas pessoas? E se forem família, o que as difere de outras pessoas às quais não temos de dar qualquer satisfação sobre a nossa vida privada? E porque é que ainda continuam a fazer as perguntas à pessoa errada? Não serei eu a pessoa mais indicada para responder ou não a perguntas sobre a minha vida?

Pois bem… não quero de todo deixar constrangidas as pessoas à minha volta. Não quero ser um incómodo. Aliás sentir que sou um incómodo deixa-me incomodado, e como não tenho que fazer fretes, ambas as partes ganham.

Decerto que este episódio serve de exemplo para o futuro… em tempos disse que estava plenamente convencido de que iria perder muita coisa. E que perder o contacto com a família e alguns amigos próximos seria uma realidade. Mas apontem por favor: Eu consigo viver com isso.

Porque o fim-de-semana não foi só pedrófobia, aproveitei a mudança de planos para estar com o alentejano. E isso sim tem-me deixado feliz.


Entretanto e enquanto escrevia este longo testamento dei com esta foto dos meninos do One Direction, adivinhem lá qual o fato que eu queria ter :P 



Accepted!!!