Acordo Ortográfico

Este blog não se rege pelo acordo ortográfico. Nem por qualquer regra gramatical.

Eu sou um nabo a portugês!? Português digo!

terça-feira, 10 de novembro de 2015

Dia 313 - Livros que me entendem...

O homónimo ofereceu-me um livro... temos o mesmo escritor favorito embora ele, bem mais que eu, leia e fez-me perguntas sobre um Livro de Mário de Sá Carneiro que nunca tinha lido: A confissão de Lúcio. Bem conhecido, ainda assim não me recordo de ter lido.

Tenho estado a ler e "depressa" vou terminar. 
Quero partilhar o como o amigo de Lúcio, Ricardo de Loureiro, se descreve e também a mim:

"Dentro da vida prática também nunca me figurei. Até hoje, aos [trinta e dois anos], não consegui ainda ganhar dinheiro pelo meu trabalho. (...) e nem mesmo cheguei a entrar na vida, na simples Vida com V grande - na vida social, se prefere. É curioso: sou um isolado que conhece meio mundo, um desclassificado que não tem uma dívida, uma nódoa - que todos consideram, e que entretanto em parte alguma é admitido... está certo. Com efeito, nunca me me vi <<admitido>> em parte alguma. Nos próprio meios onde me tenho embrenhado, não sei porquê senti-me sempre um estranho...
E é terrível; martiriza-me por vezes este meu condão."


Not Accepted!!!